Estudo sobre Competências Sociais e Emocionais (Study of Social and Emotional Skills – SSES)

Estudo 'OECD study on social & emotional skills' entre o município de Sintra, o Ministério da Educação e a Fundação Calouste Gulbenkian, o SSES foi composto por três fases de desenvolvimento: (1) um teste aos diversos instrumentos a aplicar, decorrida entre abril e maio de 2018: Item Trials; (2) uma fase de ensaio de campo: Field Test; e (3) o estudo principal, decorreu entre outubro e dezembro de 2019: Main Study.

Sobre o Ensaio de Campo

O Ensaio de Campo (Field Test) do Estudo sobre Competências Sociais e Emocionais (Study on Social and Emotional Skills - SSES), da Organização de Cooperação de Desenvolvimento Económico - OCDE), decorreu entre outubro e dezembro de 2018, em 31 estabelecimentos de ensino público e privado do concelho de Sintra.

Estiveram envolvidos 943 alunos, 381 pais, 291 professores e 17 diretores nesta fase de desenvolvimento do estudo, que virá a ser o primeiro a avaliar, internacionalmente, as competências sociais e emocionais dos jovens em dois grupos etários distintos: 10 e 15 anos de idade, a frequentar qualquer modalidade de formação do 4º ano ao 12º ano de escolaridade.

No ensaio de campo participaram, por seleção aleatória, as seguintes escolas no grupo dos alunos de 10 anos:
Colégio dos Plátanos
Escola Básica de Colaride
Escola Básica de Mem Martins
Escola Básica Escultor Francisco dos Santos
Escola Básica António Sérgio
Escola Básica D. Pedro IV
Escola Básica D. Carlos I
Escola Básica do Alto dos Moinhos
Escola Básica e Secundária Mestre Domingos Saraiva
Escola Básica Maria Alberta Menéres
Escola Básica Professor Egas Moniz
Escola Básica D. Domingos Jardo
Escola Básica Alfredo da Silva
Escola Básica Ribeiro de Carvalho
Escola Básica Ruy Belo
Escola Básica Professor Galopim de Carvalho
Escola Básica n.º 2 de Mira-Sintra
Escola Básica Rainha D. Leonor de Lencastre
Escola Básica n.º 1 da Serra das Minas

No grupo dos alunos de 15 anos participaram:
Colégio Vasco da Gama
Escola Secundária de Mem Martins
Escola Secundária Matias Aires
Escola Secundária Miguel Torga
Escola Básica Visconde de Juromenha
Escola Básica e Secundária Padre Alberto Neto
Escola Básica e Secundária Gama Barros
Escola Básica do Alto dos Moinhos
Escola Básica António Sérgio
Escola Básica e Secundária Mestre Domingos Saraiva
Escola Secundária Leal da Câmara
Escola Secundária Ferreira Dias
Escola Secundária de Santa Maria
Escola Básica Maria Alberta Menéres
Escola Secundária Stuart Carvalhais
Escola Básica Ferreira de Castro
Escola Básica Rainha D. Leonor de Lencastre

Sobre o Estudo Principal

A administração do questionário nas escolas participantes foi efetuada em 48 escolas - coorte 10 anos e em 31 escolas - coorte 15 anos, docentes, diretores e encarregados de educação. A taxa de participação do site SINTRA foi de 58% para os alunos; 80% para os docentes e 96% para os diretores. Sendo:

Total de alunos (10 e 15 anos) selecionados: 6 616
Total de alunos participantes : 3855
10 anos selecionados 3398
10 anos participantes 2218
15 anos selecionados 3218
15 anos participantes 1637
Professores Participantes 3085
Diretores Participantes 76

Não foi possível atingir a taxa exigida para a participação dos Encarregados de Educação. Tendo em conta a taxa de alunos conseguida, considera-se que o instrumento foi devidamente validado para o concelho de Sintra.

O Estudo sobre Competências Sociais e Emocionais não se destina a avaliar o desempenho dos alunos em áreas curriculares, como a literacia matemática ou científica, mas na avaliação de competências que permitem aos jovens lidar com as mudanças, a incerteza e os desafios futuros, as competências sociais e emocionais.

Ao integrar este estudo, a Câmara Municipal de Sintra, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian e o Ministério da Educação, empenha-se na preparação dos seus jovens para o século XXI, sendo pioneira, a nível nacional, neste que será o primeiro estudo diagnóstico, desenhado para cidades, sobre competências sociais e emocionais dos jovens.

A autarquia dá um passo decisivo no contributo à educação no concelho de Sintra, ao proporcionar um retrato dos nossos jovens em simultâneo com um conjunto de informações, que constituirão uma ferramenta insubstituível na prossecução de melhoria de resultados, não só académicos como também canalizadores para o sucesso do futuro sustentável.